A importância do marketing eleitoral

No próximo ano, 2020, os brasileiros irão às urnas para decidirem quem ocupará os cargos de vereador e prefeito. Isso significa que logo se iniciará uma corrida pelos votos, o período eleitoral.

Nessa batalha para conquistar os eleitores, os políticos não podem abrir mão do marketing eleitoral. Essa é uma atividade muito complexa, pois o tempo é limitado e as ações são de curto prazo. Isso, de maneira nenhuma, significa que elas podem ser executadas de forma pouco pensada.

Vitórias não acontecem por acaso, elas são resultado de muito esforço.

Grande parte desse trabalho vem do marketing e de uma equipe de profissionais que precisa ser muito qualificada para poder implementar e avaliar as estratégias que serão utilizadas nesse período tão delicado.

O que é marketing eleitoral

É um conjunto de técnicas e atividades como objetivo de atrair um público  e convertê-los em eleitores, ou seja: conquistar votos para fazer que um candidato seja eleito.

O planejamento estratégico para este período é de suma importância. Um plano de marketing eleitoral deve ser elaborado para identificar oportunidades, evitar surpresas prevendo e adaptar ações, favorecendo a gestão e a otimização dos recursos. Não existem planos prontos. Devemos considerar que cada período eleitoral é único.

Já explicamos em outro post as diferenças e as semelhanças entre o marketing político e o eleitoral. É importante relembrar e compreender que esse último tipo de marketing é o que visa a vitória na disputa pelos votos.

São as técnicas e processos implementados para que os candidatos obtenham o melhor resultado possível nas urnas.

No Brasil, segundo os pesquisadores Mattielo e Ribeiro (2006, p.2) esse tipo de abordagem teve início com Getúlio Vargas, considerado o primeiro presidente brasileiro a trabalhar com um profissional voltado para esse fim, conhecido popularmente como “marqueteiro”. Desde então essas técnicas têm sido amplamente utilizadas pelos nossos políticos.

Pesquisa Eleitoral

A aplicação de pesquisas pode fornecer inúmeras informações importantes e determinantes para o rumo da campanha. Elas podem indicar, entre tantas outras coisas, características e dados sobre os eleitores, pontos fracos e fortes dos adversários, quais são os melhores meios de comunicação para as campanhas, etc.
Possuir esse tipo de conhecimento permite que se faça o estudo e compreenda um pouco mais as variáveis que compõem o mercado eleitoral localizando onde estão as melhores oportunidades.

Segmentação do eleitorado

Conhecendo melhor o público é possível segmentar os eleitores. É lógico que enquanto políticos, quanto maior for o grupo-alvo melhor, pois o que se visa é a obtenção do maior número de votos. Mas a segmentação permite pensar em estratégias mais adequadas para cada fatia de público, assim como a melhor linguagem para se comunicar com cada uma delas.

Sabendo, por exemplo, o grau de escolaridade ou a localização dos potenciais votantes é possível focar em quais são as prioridades para aquelas determinadas pessoas, quais são suas maiores aflições. Ferramentas como o geoprocessamento são muito úteis para esse tipo de ação. Ele é capaz de fornecer uma visão georreferencial baseada em tags previamente cadastradas que segmentam os votantes.

As redes sociais e outras tecnologias tem sido amplamente utilizadas  pelos políticos nos últimos anos, mas grande parte da população ainda não tem acesso à internet. Dessa forma as mídias tradicionais, como TV, rádio e jornais e revistas impressas, ainda são muito relevantes e importantes para as campanhas, alcançando muitas pessoas e não podendo ser deixadas de lado. 

Estratégias de Marketing eleitoral

São algumas das principais ações, atividades e estratégias de marketing eleitoral:

  • realização de pesquisas eleitorais;

  • horário eleitoral;

  • preparação para debates;

  • criações de peças e ações de campanha, como os santinhos, jingles e slogans;

  • manutenção das redes sociais do candidato e campanha online;

  • proposição de eventos e de táticas de relacionamento direto com o eleitor.

Todas essas estratégias de marketing e comunicação combinadas são capazes de aproximar o candidato ao eleitor, gerando engajamento e conseguindo transmitir confiança à população. Neste momento o candidato deve se diferenciar dos outros, mostrando um posicionamento superior.

É o marketing eleitoral que “vende” o candidato para o eleitorado, ou melhor, vende a imagem daquele candidato como a figura política que os cidadãos precisam naquele determinado momento. Além da imagem, outros valores, como qualificações, histórico político, formação, origem, etc., tanto do candidato quanto do partido como maneira de gerar uma identificação ou empatia do público.

Nunca se esqueça que ele é uma etapa fundamental no processo de tomada de decisão do eleitor porque é a partir dele que a imagem pública dos políticos é construída e veiculada. 

Ferramentas de campanha eleitoral

Destacamos algumas funcionalidades práticas de um sistema de gerenciamento político que podem auxiliar na gestão de uma campanha eleitoral:

  • Painel do eleitorado e segmentações
    Uma área onde é possível cadastrar todos os contatos do candidato de forma segmentada.

  • Disparos de e-mail marketing e SMS
    Uma plataforma onde seja possível fazer disparos de email marketing e de SMS, também de maneira segmentada, e até mesmo enviar de forma automatizada. Isso permite que você dê uma atenção diferenciada a seus potenciais eleitores, além de ser uma economia de tempo e dinheiro. 

  • Geoprocessamento
    Essa é uma ferramenta incrível! Um mapa interativo onde é possível visualizar onde vivem e atuam os contatos que você cadastrou. Isso é importante, pois você tem conhecimento da localização dos eleitores, lhe permitindo traçar estratégias específicas de acordo com o público específico de cada região.

  • Meta de contratações
    Planejamento é essencial para o sucesso de uma campanha, por isso é de suma importância ter metas traçadas. No sistema Neritpolítica é possível criar o tipo de meta que você deseja, a partir de então o software passa a exibir um gráfico para acompanhar seu desempenho.


Texto retirado do site: https://neritpolitica.com.br/

One thought on “A importância do marketing eleitoral

Comentários não permitidos.